Início > Notícias > “Cada aluno deixa um pouco de si e leva um pouco de nós”, afirma coordenadora

“Cada aluno deixa um pouco de si e leva um pouco de nós”, afirma coordenadora

Samara Silva é coordenadora da unidade Formare Maxion, em Contagem/MG, há quatro anos

“Em 2017 iniciava minha trajetória na Iochpe-Maxion de Contagem, conheci o Formare e foi amor à primeira vista.

Durante um ano e meio fui apoio da coordenação e também atuei como educadora voluntária. No ano de 2019 iniciava meu primeiro ano como coordenadora.

Desde que recebi a incrível responsabilidade de estar à frente do projeto, surgiram vários sentimentos, mas, o principal deles era de conseguir fazer a diferença na vida desses jovens. Finalizei aquele ano com a frase: cada aluno deixa um pouco de si e leva um pouco de nós.

Como aprendi com cada aluno, como evolui como pessoa e profissional e como foi especial saber que estavam levando um pouco de mim. Esse, sem dúvidas, foi o momento mais marcante, saber o quanto podemos ser apoio em uma fase de tantas incertezas na vida desses jovens.

Enfrentamos a pior fase da pandemia, desconstruímos e construímos tudo outra vez. O sentimento continua o mesmo, uma vontade incrível de fazer valer a pena e de oferecer o melhor para cada jovem.

O Formare é uma experiência única, ver a evolução dos jovens até depois do projeto é incrível e sem dúvidas uma gratidão imensa por fazer parte de tudo isso”.

Acesse as Redes Sociais da Fundação Iochpe e fique por dentro das principais notícias, além de conteúdos exclusivos: Linkedin: | Instagram: | Facebook: | YouTube:

Compartilhe nas redes sociais

Notícias relacionadas

Rolar para cima

Pesquisar

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Julia Saron

Formare Instituto Robert Bosch

“Sinto orgulho em ter feito parte desta família tão incrível, pois minha vida mudou e continua mudando, graças a esta chance que tive no Formare do Instituto Robert Bosch. Assim que concluí o curso, iniciei um técnico em Administração e hoje estou atuando como Aprendiz da ETS (Escola de Engenharia Técnica) aqui mesmo na Bosch. Está sendo uma experiência inovadora e revigorante, pois conquistei mais uma oportunidade na empresa que sempre almejei. Eu e meus colegas de turma tivemos o apoio incondicional dos educadores voluntários. Eles nunca focaram na competitividade e sim na proatividade e todos nós aprendemos juntos. É por isso que de uma coisa eu tenho certeza: o Formare muda vidas”

Pular para o conteúdo