Início > Livro revela como Programa Formare se tornou modelo de formação de jovens no Brasil

Livro revela como Programa Formare se tornou modelo de formação de jovens no Brasil

Obra está disponível para download gratuito no final da página

Desde a primeira turma do Programa Formare, iniciada em 1988, foram 23 mil jovens profissionalizados e milhares de educadores, coordenadores e empresas impactadas. Ao longo dos anos, o Formare se consolidou como um programa modelo na formação profissional de qualidade. Para celebrar todas as histórias criadas a partir do Programa, a Fundação Iochpe lançou o livro “30 anos transformando vidas” com depoimentos de ex-alunos e profissionais que passaram pelo Formare.

Em uma live realizada nesta quinta-feira (10), o livro foi apresentado à rede do Formare e também aos admiradores do Programa. O presidente da Fundação Iochpe, Claudio Anjos, falou sobre os resultados de 2020: uma nova empresa parceira e mais três unidades em fase de implementação. No próximo ano, o Formare também estará presente nas cidades de Porto Feliz (SP), Aracruz (ES) e Três Lagoas (MS), oferecido pelas empresas Lanxess e Suzano.

Durante a pandemia do novo coronavírus, 76% das empresas mantiveram as unidades do Formare e se adequaram a um ensino digital e híbrido, com aulas via Zoom, Teams, Moodle e Google Meets, e, em algumas empresas, com a prática realizada dentro da fábrica, mas seguindo os protocolos de segurança e distanciamento social. Os 24% que suspenderam as atividades sinalizaram a volta das turmas em 2021.

O jornalista Rosenildo Ferreira, autor responsável por coletar e eternizar as histórias do Formare, contou sobre o processo de produção do livro e a incerteza no início do projeto. “Foi muito complicado, pois a minha largada foi com grandes desafios”, relembra. Segundo Rosenildo, o seu único briefing era escrever um livro sobre a história do Formare, sem restrições às suas ideias como escritor. Sobre os depoimentos de ex-alunos, educadores voluntários, coordenadores e executivos da rede do Programa, Rosenildo relembra que muitas histórias o marcaram.

O jornalista ouviu mais de 60 pessoas para chegar ao resultado final. Rubia Luz e Vanessa Pereira estão nas páginas pois foram alunas do Programa Formare na Coteminas e GE. Hoje, Vanessa é engenheira ambiental, mestre em engenharia de produção e trabalha como coordenadora do programa 5S na Coteminas. Rubia é estudante de engenharia de produção e mecânica, e trabalha na GE como analista administrativa. Atualmente, as duas atuam como educadoras voluntárias do Formare: Vanessa ministra as aulas de Criatividade e Inovação, desde 2007, e Rubia de Comunicação, desde 2017.

“Na minha vida, o Formare foi um divisor de águas”, declarou Rubia. A jovem afirma que o programa a ajudou a escolher sua carreira e também a ter conhecimentos básicos sobre engenharia que a auxiliaram na graduação. “O Formare acontece naquele período em que você precisa tomar uma decisão de que caminho seguir”, relata Vanessa. Para ela, a convivência com profissionais excelentes da área direciona os alunos a acharem sua maior habilidade e decidirem sua carreira.

As ex-alunas relembraram seus sonhos da adolescência e projetaram um futuro daqui 15 anos: continuar compartilhando o conhecimento que adquiriram no Formare e na faculdade e impactar positivamente a vida de outras pessoas.


Assista ao lançamento do livro clicando aqui, e baixe o e-book no formulário abaixo.

[contact-form-7 id=”1459″ title=”Download Livro Formare 30 Anos”]

Compartilhe nas redes sociais

Notícias relacionadas

Rolar para cima

Pesquisar

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Julia Saron

Formare Instituto Robert Bosch

“Sinto orgulho em ter feito parte desta família tão incrível, pois minha vida mudou e continua mudando, graças a esta chance que tive no Formare do Instituto Robert Bosch. Assim que concluí o curso, iniciei um técnico em Administração e hoje estou atuando como Aprendiz da ETS (Escola de Engenharia Técnica) aqui mesmo na Bosch. Está sendo uma experiência inovadora e revigorante, pois conquistei mais uma oportunidade na empresa que sempre almejei. Eu e meus colegas de turma tivemos o apoio incondicional dos educadores voluntários. Eles nunca focaram na competitividade e sim na proatividade e todos nós aprendemos juntos. É por isso que de uma coisa eu tenho certeza: o Formare muda vidas”

Pular para o conteúdo