Início > Notícias > EV: Conheça Diogo Oliveira, do Formare LANXESS

EV: Conheça Diogo Oliveira, do Formare LANXESS

Hoje é dia de conhecer o Diogo Oliveira, educador voluntário do Programa Formare na LANXESS (Porto Feliz/SP). Neste ano, ele completou 22 anos como colaborador da empresa e, atualmente, trabalha como analista de sistema de gestão integrada no setor de desenvolvimento de processos na unidade IPG.

Desde 2021, Diogo é educador voluntário no Programa Formare e ministra aulas em duas disciplinas: Saúde e Meio Ambiente e Controle e Melhoria da Qualidade. 

O convite para Diogo fazer parte do time de EVs partiu da equipe de coordenação da empresa através do sr. Marcelo Garcia e a aceitação foi imediata. “Fiquei muito feliz com o convite, porque vi uma grande oportunidade de contribuir como voluntário em um programa de grande relevância social”, comenta. 

Ele demonstra ainda ser muito grato à oportunidade. “A gratidão recebida dos alunos e o verdadeiro sentimento de valor criado entre nós é uma grande motivação para mim. Hoje me sinto mais feliz por me descobrir como educador e por poder aprender muito com cada um desses jovens”, conclui.

Acesse as Redes Sociais da Fundação Iochpe e fique por dentro das principais notícias, além de conteúdos exclusivos: Linkedin: | Instagram: | Facebook: | YouTube:

Compartilhe nas redes sociais

Notícias relacionadas

Rolar para cima

Pesquisar

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Julia Saron

Formare Instituto Robert Bosch

“Sinto orgulho em ter feito parte desta família tão incrível, pois minha vida mudou e continua mudando, graças a esta chance que tive no Formare do Instituto Robert Bosch. Assim que concluí o curso, iniciei um técnico em Administração e hoje estou atuando como Aprendiz da ETS (Escola de Engenharia Técnica) aqui mesmo na Bosch. Está sendo uma experiência inovadora e revigorante, pois conquistei mais uma oportunidade na empresa que sempre almejei. Eu e meus colegas de turma tivemos o apoio incondicional dos educadores voluntários. Eles nunca focaram na competitividade e sim na proatividade e todos nós aprendemos juntos. É por isso que de uma coisa eu tenho certeza: o Formare muda vidas”

Pular para o conteúdo